sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Dream Theater - 11/09/2001 Capa com Torres Gemeas em chamas!

Lembrando esse fato escroto, toda vez que vejo alguém falando de Osama/Torres Gêmeas, vejo o tamanho da ignorância das pessoas que não se dão ao trabalho de pesquisar as informações .Estamos vivendo uma era onde tudo nós podemos encontrar na porra da Internet, seja coisas boas, ruins ou muito-muito-ruins, mas as informações existem para quem quiser ir atrás e sair da maresia que é apenas ficar assistindo CNN ou Rede Globo e engolir tudo que te falam na BOSTA de TV como VERDADE ABSOLUTA!!!   Pesquisem  para saber a verdade ... não falo de filmes caça níqueis como Fahrenheit, lembro de um documentário excelente chamado "loose Change 911" (http://www.loosechange911.com/) , fora que o google tem milhares de referencias e videos e outras coisas que podem ajudar os ignorantes a sair das trevas da mídia manipuladora ... sem mais ...

Voltando ao Rock n Roll ... lembro perfeitamente de encomendar meu DVD do Dream Theater na época 2001, e ná capa encontram-se as torres gêmeas em chamas ... versão raridade! tá guardadinho lá em casa! :)

Segue a história para vocês !

Erik



O ano de 2001 seria um ano rotineiro para o DREAM THEATER. A banda acabara sua grande turnê "Metropolis 2000" com grandes apresentações do álbum "Scenes From a Memory" e estava preparando o lançamento de "Six Degrees of Inner Turbulence". Os shows refletiam o aspecto teatral do álbum. Uma tela de vídeo na parte de trás do palco mostrava imagens acompanhando a narrativa para a história do álbum. Além de tocar o álbum na íntegra, a banda também tocou um segundo conjunto de músicas, bem como alguns covers e improvisações de material antigo. E nesse clima foi gravado um show extra especial, no Roseland Ballroom, em Nova York, onde foram contratados atores para interpretar personagens na história, além de um coro gospel para atuar em alguns pontos da performance.
Tudo estava perfeito para a banda. Um grande DVD seria lançado com toda essa temática apresentada na turnê. Mas uma triste coincidência acabaria com a felicidade da banda, principalmente do baterista Mike Portnoy, que sempre demonstra seu patriotismo pelos EUA.
Imagem
A capa para a versão CD que foi lançado do show, intitulado "Scenes Live from New York", apresentava um dos primeiros logos do Dream Theater (um coração ardente, inspirado no Sagrado Coração de Cristo) modificado para mostrar uma maçã (representando o apelido de NY, "Big Apple") em vez do coração, e o céu da cidade, incluindo as torres gêmeas do World Trade Center, com a imagem da chama acima delas. Uma capa bem bonita por sinal.A triste coincidência: o álbum foi lançado no dia 11 de Setembro, o fatídico dia em que as Torres Gêmeas foram atingidas por dois aviões em uma ação terrorista, e, após algumas horas tomadas pelas chamas (assim como na capa do álbum), elas desmoronaram matando milhares de pessoas. O álbum então foi rapidamente retirado das lojas e foi relançado pouco tempo depois com imagens do próprio show na capa.
Estima-se que existam cerca de mil exemplares da capa original rodando o mundo, alguns chegam a ser vendidos por milhares de dólares, que, devido a toda essa coincidência, se tornou item raro para os fãs.
No álbum "Six Dregrees of Inner Turbulence" a banda mudou o nome de uma música por conta dos ataques . "The Great Debate" era originalmente intitulada "Conflict at Ground Zero". John Petrucci e Mike Portnoy estavam mixando o novo álbum em um estúdio de Manhattan (onde ficavam as torres gêmeas) no mesmo dia dos ataques e fizeram a alteração quando todas as notícias começaram a se referir ao local como "Ground Zero"

Fonte: whiplash.net
Postar um comentário